Tag Archive for: pianistas jazz XXI

Marco Barroso
Marco Barroso

Marco Barroso é um pianista português, fundador, compositor e director do ensemble LUME (Lisbon Underground Music Ensemble) onde toca piano e dirige as próprias obras.

Tem actuado entre outros locais: Centro Cultural de Belém, Fundação Serralves, Largo de S.Carlos, Teatro S. Luiz, Teatro Académico Gil Vicente, Teatro Garcia De Resende, Teatro Esther de Carvalho, Teatro Municipal de Sesimbra, Cine-Teatro de Alcanena ou Hot Clube de Portugal.

Participou em festivais ou eventos como: Festival de Musicas do Mundo de Sines, Festa do Avante, Festa do Jazz, Musica Portuguesa Hoje, Jazz no Parque, CCBeat, Imaxinasons-Festival internacional de Vigo, Seixaljazz, A Arte da Bigband, InJazz, Jazz.pt, Festival Internacional de Musica de Coimbra, Festival Jovem Músicos, JAZZminde, Jazz no Palácio ou Inauguração do Museu do Neo-Realismo.

Editou em 2010 um disco de sua autoria com o ensemble LUME pela editora Jaccrecords, reeditado em 2010 pela editora holandesa Challenge records

Enquanto compositor tem colaborado com diferentes agrupamentos como Big Band Matosinhos, Orquestra Nacional do Porto, Artemsax, Lxsax, Projecto XXI,. A sua música tem sido tocada no âmbito de diversos festivais e eventos como ClarinetFest2009, Festival Internacional de saxofones de Palmela, encomenda para RDP/PJM, encomenda Orquestra de Jazz Matosinhos, Artic Trombone & Low Brass Festival-Tromso, 2º Yamaha Saxophone Quartet Contest-Madrid, LxSax no Portugalské Centrum v Praze- Praga.

Venceu o Prémio JovemAutor 2008 atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores.

É jovem compositor residente na Casa da Música onde colabora com a Orquestra de Jazz de Matosinhos e Orquestra Nacional do Porto.

Fez estudos de Composição na escola Escola Superior de Música de Lisboa, Arnhem Conservatory, Academia de Amadores de Musica e Hot Clube de Portugal.

Marco Barroso

Marco Barroso, pianista jazz

Discografia

Lisbon Underground Music Ensemble – L.U.M.E. ‎(CD, Álbum) Buzz zz 76105 2013
LUME – Xabregas 10 ‎(CD, Álbum) Clean Feed CF371CD 2016
Vários – Jazz Sous Les Pommiers 41è 2022 ‎(CD, Promo, Sle) Jazz Sous Les Pommiers JSLP48 2022
LUME – Xabregas 10 ‎(CD, Álbum) Clean Feed CF371CD 2016

Fonte: Discogs

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Marco Figueiredo, piano, jazz
Marco Figueiredo

Marco Figueiredo estudou Piano e Composição no Conservatório de Música de Coimbra. Durante esse tempo participa em inúmeros workshops com nomes como Myra Meldford, Tânia Achot e Aaron Goldberg, entre outros.

Estudou na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo.

Participou na colectânea Movimentos Perpétuos – Música para Carlos Paredes, com uma composição sua e onde participaram também António Pinho Vargas, Carlos Bica e Mário Laginha, entre outros.

É pianista do projecto Trilhos, que desenvolve um trabalho de divulgação da guitarra portuguesa, e com o qual já actuou em diversos palcos em Portugal e no estrangeiro.

Dedica-se também à música para cinema, e compôs para alguns filmes e documentários tais como Laura Soveral e Um funeral à chuva.

Outras Viagens foi o seu primeiro disco.

Compilações

Vários – Movimentos Perpétuos | Música Para Carlos Paredes 2 versões Polydor, EMI Music Portugal 2003

Marco Figueiredo, piano, jazz

Marco Figueiredo, piano, jazz

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Hugo Raro, créditos Amaral Moreira
Hugo Raro

Hugo Raro é um pianista e compositor português natural do Porto. Tendo iniciado a sua relação com o piano aos 5 anos, tem vindo a desenvolver uma abordagem singular na busca insaciável de novas sensações e sons, incorporando as várias influências que o vêm acompanhando ao longo dos anos e que vão desde a música clássica e contemporânea, passando pelo jazz e improvisação livre, até ao rock, soul ou diferentes músicas étnicas.

A sua música foi descrita como original, intrigante, poética, assertiva, reflexiva, desafiante, fascinante, inconformista e imaginativa.

Além dos seus projectos como líder, tem vindo a tocar e tem gravado com inúmeros músicos e projectos dos quais se destacam Impermanence de Susana Santos Silva, Coreto Porta-Jazz, Torto ou OJM & Peter Evans.

Tem trabalhado na relação com outras expressões artísticas como o teatro, a dança contemporânea ou o desenho em tempo real.

É membro fundador da Associação Porta-Jazz.

Fonte: Hugo Raro

Discografia

Hugo Raro, créditos Amaral Moreira

Hugo Raro, créditos Amaral Moreira

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Gonçalo Moreira, pianista e teclista
Gonçalo Moreira

Gonçalo Moreira nasceu em Coimbra em 1987. Iniciou os estudos em Jazz na Escola de Música RIFF em Aveiro com Pedro Moreira e Óscar Graça. Como preparação para a prova de acesso na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto (ESMAE), teve aulas particulares com Paulo Gomes.

Na ESMAE, teve como professores de instrumento Pedro Guedes e Abe Rabade. Frequentou workshops com Jacob Sacks, Orrin Evans, John Escreet, Leo Genovese, Mário Laginha, Perico Sambeat entre outros.

Participou nas 2ª, 3ª, 6ª e 7ª edições da Festa do Jazz do Teatro São Luiz.

Ganhou o 1º prémio integrado na categoria de combo, na 6ª Edição da Festa do Jazz do Teatro São Luiz, representando a ESMAE. Ainda representando a ESMAE, actuou no Festival Ibero Jazz da Corunha, na Casa da Música como membro do Coro AquiJazz e com a Big Band da ESMAE no Teatro Campo Alegre e no Festival Serralves em Festa.

Faz parte do grupo de Jazz Michael Laurent & The Groove Merchants e compôs a banda sonora para a peça de teatro “A Lenda da Princesa Peralta”.

Em 2011 terminou a licenciatura em Jazz na ESMAE, vertente piano, tendo obtido 20 valores no recital, constituído apenas por originais. Em 2013, terminou o mestrado em Performance na Universidade de Aveiro com 18 valores.

Gonçalo Moreira tem vindo a divulgar o seu reportório de originais através do grupo Gonçalo Moreira Quinteto. Ganhou também, em 2011, o segundo prémio da categoria Combo Jazz no Concurso Prémio Jovens Músicos.

Em 2012 tocou em três concertos de homenagem ao pianista Bernardo Sassetti no Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, no Teatro das Figuras (Teatro Municipal de Faro) e no auditório do Museu de Serralves, no Porto.

Em 2013 apresentou uma peça a solo no Orpheus Institute, em Gent, na Bélgica.

Desde 2014 toca com vários agrupamentos, incluindo o Gonçalo Moreira Quinteto, o Septeto de Nuno Ferreira, Orquestra de Jazz de Matosinhos, João Mortágua – Janela, Mané Fernandes – BounceLab, Alexandre Coelho Quarteto e Bruma Project, tendo gravado discos com os três últimos.

Termina o mestrado em ensino na Universidade de Aveiro.

Fonte: Tone

Gonçalo Moreira, pianista e teclista

Gonçalo Moreira, pianista e teclista

Discografia

Vários – Marvellous Tone Sampler CD 2007 ‎(CDr, Ltd, Smplr) Marvellous Tone MT002 2007
Mané Fernandes – BounceLab ‎(CD, Álbum) Carimbo Porta-Jazz PJ012 2014
Alexandre Coelho Quartet – Idiosyncrasies ‎(CD, Álbum) Carimbo Porta-Jazz PJ038 2017
Susana China – Trapézio ‎(CD, Advance) 00 2017

Fonte: Discogs

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Rodrigo Gonçalves, pianista jazz
Rodrigo Gonçalves

Rodrigo Gonçalves é um pianista jazz português nascido em 1972 em Lisboa, Portugal.

Editado em 2004, “Tribology” (vol.1) foi um dos discos de estreia a ter maior impacto no meio do jazz nacional. Gravado com a participação dos saxofonistas Mark Turner e Perico Sanbeat e consagrado como um dos melhores lançamentos do ano, representou na altura a consistência e a qualidade que começavam a ser alcançadas por alguns dos mais jovens músicos do nosso país.

Após esse poderoso arranque, Gonçalves optou, no entanto, por se dedicar a projectos de outros músicos, como é o caso da Song Band de Laurent Filipe, ou a projectos colectivos como o Septeto do Hot Clube de Portugal.

Em 2009, cinco anos após a sua estreia discográfica, o pianista regressou com uma reformulação do mesmo projecto, liderando uma banda que integrava o saxofonista espanhol Jesús Santandreu, o guitarrista Mário Delgado, o contrabaixista Bernardo Moreira e o baterista Carlos Miguel.

Rodrigo Gonçalves, pianista jazz

Rodrigo Gonçalves, pianista jazz

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Carlos Azevedo, pianista jazz
Carlos Azevedo

Nascido em Vila Real em 1964, Carlos Azevedo estudou piano na infância e ingressou no Conservatório de Música do Porto em 1982, frequentando os Cursos Superiores de Piano e Composição. Foi o primeiro aluno inscrito na Escola Superior de Música do Porto (atual ESMAE), em 1986, e aí concluiu o curso de Composição.

Prosseguiu para o Mestrado em Composição na Universidade de Sheffield (1996), sob a orientação de George Nicholson.

O interesse pelo jazz surgiu nos anos do Conservatório. Carlos Azevedo acabaria por inaugurar a Escola de Jazz do Porto enquanto professor de Piano, em meados dos anos 80. Em 2001, criou a primeira Licenciatura em Jazz do país, na ESMAE.

Partilha com Pedro Guedes, desde 1999, a Direção Musical da Orquestra Jazz de Matosinhos.

A suite Lenda para decateto foi apresentada nos Festivais de Jazz do Porto (1999), Nantes (2000) e Guimarães (2001), e deu origem ao seu primeiro álbum em nome próprio. A fatia maior das suas composições e arranjos no campo do jazz tem sido escrita para a Orquestra Jazz de Matosinhos, mas recebe também encomendas para outras formações (European Youth Jazz Orchestra, Brussels Jazz Orchestra e David Linx).

Em 2003 foi finalista do Concurso Internacional de Composição da Brussels Jazz Orchestra, conquistando o primeiro prémio no ano seguinte.

Das suas obras mais recentes, destacam-se 5 Movimentos Sobre o Mar para quarteto de cordas e piano, Verazin para quarteto de cordas e Crossfade para orquestra sinfónica, orquestra de jazz e solista. Em 2012 estreou a ópera Mumadona, com libreto de Carlos Tê.

Professor de Análise na ESMAE, Carlos Azevedo exerceu aí funções diretivas como Vice-Presidente entre 2002 e 2011.

Continua a codirigir a OJM, para a qual escreve composições e arranjos originais e onde se apresenta frequentemente como pianista.

Discografia

Duo Contracello, François Couperin, Franz Joseph Keyper, Wolfgang Amadeus Mozart, Mikhail Bukinik, Carlos Azevedo – Contracello ll ‎(CD, Album) 2006
Serpente ‎(CD, Álbum)

Carlos Azevedo Quarteto, Serpente

Carlos Azevedo Quarteto, Serpente

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Pedro Nobre
Pedro Nobre

Pianista natural da Marinha Grande, Pedro Nobre iniciou os estudos musicais em 2003 na Escola de Jazz Luís Villas Boas do Hot Clube de Portugal terminando em 2008. Em 2009 entrou na Escola Superior de Musica de Lisboa concluindo a licenciatura em Licenciatura em Música do curso de Jazz em 2012.

Desde 2005 tem tocado em vários projectos com músicos como Pedro Moreira, Nuno Costa, André Fernandes, Afonso Pais, Jorge Reis, Luís Cunha, Daniel Vieira, Ricardo Toscano, António Bruheim, César Cardoso, Pedro Felgar, André Rosinha, António Quintino, Vânia Fernandes, Beatriz Nunes, Margarida Campelo, entre outros.

Em 2013 gravou o disco “com os pés na terra” da Rita Dias que tem a participação especial de Paulo de Carvalho e Celina da Piedade e participou no disco dos “Spill” de André Fernandes.

É pianista da Orquestra Jazz de Leiria desde a sua formação onde trabalhou com vários músicos com reconhecimento nacional, entre eles, Pedro Abrunhosa, David Fonseca, Luísa Sobral, Áurea, Tiago Bettencourt, Ana Bacalhau, Maria João, Herman José.

Lecciona Piano, Teoria Musical, Formação Auditiva e Música de Conjunto em várias escolas na área de Lisboa e Leiria, entre elas o Hot Clube de Portugal, New Music School, Colégio Guadalupe e orfeão de Leiria.

É responsável pela produção da Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal desde 2013.

Discografia

Álbuns

E Depois… ‎(CD, Álbum) 2017
Living Tides ‎(CD, Álbum) CD 2022

Pedro Nobre

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Luísa Gonçalves, Unno
Luísa Gonçalves

Luísa Gonçalves é uma pianista e compositora portuguesa diplomada pela ESMAE (Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, Porto).

Discografia

Álbuns

Unno ‎(CD, Álbum) Trem Azul TA014CD 2020
Ernesto Rodrigues, Joana Sá, Luísa Gonçalves, Carlos Santos – Melt ‎(CD, Álbum) Creative Sources CS 711 CD 2021
Ernesto Rodrigues, Guilherme Rodrigues, Bruno Parrinha, Luísa Gonçalves, Carlos Santos – Quelque Chose Prie La Patience Des Nuages ‎(CD, Álbum) Creative Sources CS 734 CD 2022

Fonte: Discogs

Luísa Gonçalves, Unno

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Filipe Melo
Filipe Melo

Filipe Melo dedicou-se ao piano desde cedo, com especial interesse pelo jazz e pela improvisação. Estudou no Hot Clube de Portugal, na Academia dos Amadores de Música de Lisboa e no Berklee College of Music, em Boston.

Foi vencedor do Concurso de Jazz de Bucareste, do prémio Carlos Paredes, prémio Villas-Boas e do Outstanding Musicianship Award da Berklee.

Além do jazz trabalhou como compositor, pianista ou orquestrador para músicos de outros géneros, entre os quais Jorge Palma, Sérgio Godinho, António Zambujo, GNR, Camané, David Fonseca, Ana Bacalhau, Carlos do Carmo ou Salvador Sobral.

É diretor musical, pianista e arranjador do projeto “Deixem o Pimba em Paz”.

Tem mais de 20 discos gravados como sideman, compõe para teatro e dá aulas na Escola Superior de Música de Lisboa.

No cinema, criou vários projetos entre os quais curta “I’ll See You in My Dreams” (2003), premiada no Fantasporto, e “Um Mundo Catita” (2008), série produzida pela RTP2.

Realizou ainda videoclips e spots publicitários. Paralelamente, dedica-se à banda desenhada. O seu mais recente livro é “Balada Para Sophie”, de 2020, coassinado com Juan Cavia.

Discografia

Todos Los Dias (F. Melo)
Juan Carlitos – Yo No Quiero Un Hermanito ‎(LP, Álbum) Parnaso Records P-LP-1117 1973
Doutor Lello Minsk & Maestro Shegundo Galarza – Corações de Atum ‎(CD, Álbum) NorteSul 5605231006125 1999
Os Fabulosos Irmãos Catita – Mundo Catita ‎(CD, Álbum) NorteSul 5605231010221 2001
Deixa de Filosofar
Peste & Sida – Tóxico ‎(CD, Álbum, Enh) D.A.S. 002/2004 2004

Filipe Melo

Partilhe
Share on facebook
Facebook
Telmo Marques, pianista e compositor portuense
Telmo Marques

Compositor e pianista, Telmo Marques nasceu no Porto em 1963. Iniciou os estudos musicais com nove anos. Estudou Piano e Composição com Fernanda Wandschneider, Hélia Soveral, Fernando Lapa e Cândido Lima. Fez cursos de aperfeiçoamento, de análise e estética musical, e de direcção de orquestra com Jean Martin, Carlos Cebro, Fernando Puchol, Paul Trein, Miguel Ribeiro Pereira e Robert Houlihan.

Terminou em 1991 o antigo curso superior de piano do Conservatório de Música do Porto com nota máxima.

É licenciado em piano pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (Prémio Eng. António de Almeida – melhor classificação) eMaster of Artspela Universidade de Surrey Roehamptoneminglaterra.

Iniciou um programa de doutoramento em Computer Music na Universidade Católica.

Conta com algumas dezenas de participações discográficas como pianista, compositor, arranjador e produtor. Trabalha com vários artistas nos mais diversos géneros musicais. Trabalha em composição para os projetos musicais que integra assim como para o cinema, para o teatro e para os meios de comunicação publicitária. É autor da obra que serviu de suporte musical para rádio e televisão à PORTO 2001 – Capital Europeia da Cultura.

Lecciona as disciplinas de Análise Musical, e de Técnicas de Composição na ESMAE – Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo do Instituto Politécnico do Porto.

Discografia

Alexandre – Carnaval, Etc… E Tal! ‎(LP, Álbum) Discos CVS 1FP 108 1987
GNR – Valsa Dos Detectives 3 versões EMI, EMI 1989
Ruy Silva – Friends Forever ‎(CD, Álbum) Adeurivice Music CD RS2412641 1990
GNR – Rock In Rio Douro 9 versões EMI, EMI 1992
Luis Portugal – Coisas Simples 2 versões Pôr Do Som Edições 1993
GNR – Mosquito ‎(CD, Álbum) EMI 7243 4 93971 2 5 1998
Vários – Your Imagination ‎(CD, Comp) Bor Land BL002 2002
GNR – Câmara Lenta (16 Slows Do Melhor GNR) ‎(CD, Comp, Copy Prot.) EMI 7243 5 37332 2 3 2002
GNR – Rock In Rio Douro / Popless ‎(CD, Álbum + CD, Álbum + Comp, Box) EMI 7243 5 81796 2 0 2003
GNR – O Melhor Dos GNR – ContinuAcção Vol.3 ‎(2xCD, Comp) EMI Music Portugal 0946 3 67833 2 1 2006
Mónica Ferraz – Start Stop ‎(CD, Álbum) A.I. Records INDIANA002CD 2010
Banda Sinfónica Portuguesa – A Portuguesa ‎(CD, Álbum) Afinaudio none 2010
GNR – BD Pop Rock Português ‎(CD, Comp) Tugaland, A Bela E O Monstro, EMI Music Portugal 50999 6 40813 2 8 2011
André Indiana – André Indiana ‎(CD, Álbum) Parlophone 5099943195527 2013
XL: Portuguese music for tuba & piano, 2014.
Banda Sinfónica Portuguesa, José Rafael Pascual Vilaplana – Concerto Pour Grande Orchestre D’Harmonie ‎(CD) Molenaar Edition MBCD 31.1133.72 2015

Fonte: Discogs

Sérgio Carolino e Telmo Marques, XL: Portuguese music for tuba & piano, 2014.

Partilhe
Share on facebook
Facebook